quarta-feira, 21 de julho de 2010

TEMPORADA DE CAÇA AS "ONÇAS" NO PANTANAL !


“Operação Jaguar” deflagrada pela Polícia Federal de Corumbá (MS) apontou que turistas pagavam cerca de US$ 1,5 mil por expedição de caça a animais de grande porte no Pantanal. Os safáris clandestinos faziam parte de um esquema de caçadas que há um ano é investigado pela polícia em parceria com o Ibama nos Estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Paraná.
De acordo com informações da PF o chefe do esquema seria o cirurgião dentista e professor da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Eliseu Augusto Sicoli, uma das oito pessoas presas em flagrante na última terça-feira (20).
O dentista, que mora em Cascavel (PR), foi preso em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá) com cinco caçadores, sendo quatro argentinos e um paraguaio. Ainda na cidade, a PF prendeu um cabo da Polícia Militar. Até o momento dos sete mandados de prisão contra os integrantes do bando, quatro foram cumpridos.
A PF ainda não realizou levantamento estimar quantas onças teriam sido abatidas pela quadrilha nem o volume de dinheiro arrecadado, mas Sicoli, em depoimento aos investigadores, disse que, somente no ano passado, ele teria chefiado expedições que resultaram na matança de 28 felinos, entre eles onças pintadas e pardas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário