sábado, 3 de abril de 2010

HOMEM MATA MULHER A FACADAS DENTRO DO SUPERMERCADO E SUICIDA COM 6 FACADAS NO PRÓPRIO CORAÇÃO !


A promotora de vendas Déborah Lemes Ferreira, 31 anos, foi morta a facadas este sábado enquanto trabalhava em um supermercado de Goiânia (GO), segundo a Polícia Militar, por um homem que queria namorá-la. O criminoso, identificado pela PM como Luziê Santos da Silva, 29 anos, deu 26 facadas na vítima e depois se matou. Segundo o boletim de ocorrência, ele se suicidou com seis facadas no próprio coração, mas não explica como ele teria conseguido desferir tantos golpes contra si mesmo.
Silva entrou no estabelecimento localizado no Setor Ana Lúcia, pertencente a uma grande rede de supermercados de Goiânia, por volta de meio-dia, pegou o carrinho de compras, depois uma faca na gôndola de produtos de cozinha e foi em direção ao setor de Ovos de Páscoa, onde Déborah trabalhava.
Lá a encontrou e começou uma conversa que durou poucos minutos. De acordo com testemunhas, Silva pegou a faca no carrinho e deu uma série de golpes na mulher, que caiu no chão e continuou sendo esfaqueada.
Ainda de acordo com a PM, o homem, deu seis golpes com a mesma faca no próprio coração. Ambos morreram no local, antes da chegada de socorro. Dezenas de pessoas, entre elas crianças que procuravam ovos de páscoa na sessão, assistiram a tudo.
Para a PM, familiares de Déborah disseram que Silva esteve na casa dela na noite de sexta-feira e a ameaçou de morte. O homem queria namorá-la, mas a vítima dizia querer ser apenas amiga dele. Conforme a Polícia Militar, o autor do crime sofria de transtorno mental.
Na casa de Silva, a PM encontrou uma carta de despedida onde ele pede perdão pelo crime e fornece a senha da sua conta bancária, explicando que seria para pegar o dinheiro das despesas com o funeral. Déborah estava recém-separada e tinha dois filhos.
Procurado pela reportagem, o perito do IML que examinou o corpo do criminsoso não foi encontrado. A Polícia Civil está em greve e não dá informações se a investigação foi ou não iniciada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário